×

O Ministério Feminino e o Dia do Senhor

Nota do Editor: Este trecho foi retirado do livro “Ministério de Mulheres: Amando e Servindo a Igreja por meio da Palavra” (Editora Fiel), editado por Gloria Furman e Kathleen Nielson, que foi lançado oficialmente no dia da publicação original deste texto. Em 2015, o Iniciativas Para Mulheres do TGC introduziu uma série de posts abordando dúvidas específicas relacionadas com o ministério de mulheres através da igreja local. Temos uma equipe de mulheres animadas para responder um seleto número de perguntas. Envie suas perguntas sobre ministério feminino para nossa coordenadora de Iniciativas Para Mulheres, Mallie Taylor (mallie.taylor [@] thegospelcoalition.org). 


Não parece que, às vezes, gastamos tempo demais focadas em algum dia no futuro? Quando éramos pequenas, possivelmente contávamos os dias para o nosso próximo aniversário. Quando estávamos na escola, ficávamos na expectativa do último dia de aula. Algumas tiveram a data do casamento ou a data da chegada do bebê estabelecidas no futuro, e nós contamos os dias.

Mas imagino que também há dias estabelecidos diante de nós que tememos: O dia em que o divórcio vai ser finalizado, o dia marcado para a cirurgia, o dia em que temos de dizer adeus.

Aquele dia 

Há um dia mencionado em toda a Escritura, um dia de intervenção divina na história humana chamado de “o Dia do Senhor”, ou às vezes simplesmente “o Dia” ou “aquele Dia”. É descrito pelos profetas como um dia de dança, prazer, alegria, satisfação, recompensa, cura, purificação e integração. Soa como um dia para almejarmos. E é. Mas não é só isso que a Bíblia nos diz sobre esse Dia.

A Bíblia também nos diz que o Dia do Senhor será um dia de humilhação, destruição, vingança, aflição, angústia e ruína. Quando lemos estas descrições, não parece exatamente um dia para esperar alegremente, e sim um dia para temer.

Afinal, o que fazer? O Dia do Senhor (o dia da volta de Cristo) será um dia de luto ou de alegria? Será que vai ser um dia de destruição ou de restauração? Será que vai ser um dia de perda terrível ou de ganho indescritível?

A realidade é que será ambos. Para aqueles que temeram ao Senhor, crendo no Seu evangelho, e que estão unidos a Cristo pela fé, vale a pena acordar todos os dias imaginando se este será o dia em que Ele vai intervir na história humana. Mas para aqueles que rejeitaram a oferta da misericórdia de Deus e ignoraram Seu gracioso convite para fazer parte do Seu rebanho seguro, vale a pena acordar todas as manhãs pensando neste Dia com uma sensação de pavor nauseante.

Ministério Para Aquele Dia 

É por causa da certeza de que este Dia está chegando que o ministério de mulheres realmente tem valor. Na verdade, o ministério de mulheres será valioso para sempre, porque as mulheres estão lidando com o eterno.

Às vezes perdemos isso de vista. É bem possível que o ministério de mulheres seja mais sobre o aqui e o agora: A realidade que podemos ver com nossos olhos, coisas que consideramos como nossas necessidades e desafios mais significativos. Tendemos a nos voltar para a Bíblia e levar mulheres a ela, buscando descobrir respostas para o que consideramos como nossas questões mais urgentes, mas frequentemente procurando primeiro conforto para problemas temporais. Gastamos tanto tempo focadas em estratégias de sobrevivência e planos de melhoria para esta vida que simplesmente eliminamos a consideração sóbria e esperançosa da vida por vir: A eternidade que começará naquele Dia, e que a Bíblia continuamente nos aponta, o Dia que vai marcar o início do descanso e alegria eternos na presença de Deus, ou o tormento infinito longe dEle.

Evidentemente, o objetivo final da obra de Deus no mundo, o fim absoluto da história dos propósitos redentores de Deus no mundo, é o que vai começar neste dia, o Dia sobre o qual lemos como sendo a culminação da história humana, o Dia do Senhor, o dia em que finalmente a terra se encherá do conhecimento da glória do Senhor, como as águas cobrem o mar (Hc 2.14). A maior tragédia da vida seria enfrentar este dia sem estar preparado.

Talvez isso nos mostre um objetivo maior para o ministério feminino: Preparar mulheres para aquele grande e terrível Dia. Se nós prepararmos mulheres para fazerem um bom trabalho no mundo, ter bons relacionamentos e serem boas esposas e mães, mas não prepará-las para esse Dia, no fim, certamente teremos fracassado. Será que não terá sido em vão toda a nossa sã teologia, comunicações criativas, eventos interessantes e encontros bem frequentados se o ministério feminino não resultar em estarmos cercadas pelas mulheres que Deus colocou em nossas vidas agora, quando estivermos diante dEle naquele Dia?

Preparação Para Aquele Dia

Infelizmente, muitos ministérios dedicados a ensinar sobre o Dia do Senhor tendem a gastar a maior parte do tempo focados em tentar ligar profecias bíblicas a eventos modernos, a nações, a pessoas, como se o mais importante sobre este dia fosse saber se ele acontecerá no nosso tempo de vida. Evidentemente, não há nenhuma novidade nesta abordagem. Em Mateus 24, lemos que na semana anterior à crucificação de Jesus, os discípulos aproximaram-se dEle, em particular, perguntando: “Dize-nos quando sucederão estas coisas e que sinal haverá da tua vinda e da consumação do século” (Mt 24.3). 

A resposta básica de Jesus foi que ninguém, exceto Seu Pai, sabe quando será este dia. Ao invés de focar no momento daquele Dia, Jesus parecia muito mais interessado em que os discípulos estivessem prontos para ele. Através de várias ilustrações e parábolas, Jesus ajudou Seus discípulos a entender como seria a preparação para este Dia e o resultado final dela, e também o que aqueles que vivem como se esse dia não estivesse vindo, que vivem apenas para o hoje, tem pela frente.

Imagino que, se um grupo de mulheres do nosso tempo se reunisse em torno de Jesus e Lhe perguntasse quando Ele voltará, Ele diria a mesma coisa que disse aos Seus discípulos.

Aquele Dia se Aproxima

Minhas amigas, o Dia se aproxima. E é por isso que o ministério de mulheres hoje será valioso para sempre, porque as mulheres estão lidando com o eterno. Cada uma de nós: 

– Será eternamente levada para longe ou (estará) eternamente segura em Sua presença; 
– Estará eternamente destinada a imensa agonia ou será eternamente abençoada com obra frutífera; 
– Será eternamente banida da presença do Noivo ou estará eternamente participando de Sua festa; 
– Será eternamente lançada nas trevas exteriores ou estará eternamente envolvida pela alegria do Mestre; 
– Será eternamente amaldiçoada no fogo eterno ou será eternamente abençoada com a vida eterna. 
O trabalho do ministério de mulheres tem importância eterna, porque “no Senhor [nosso] trabalho não é vão” (1 Co 15.58). A oração de Paulo aos Filipenses conecta nossos trabalhos atuais à esperança certa do Dia da vinda de Cristo:

E também faço esta oração: que o vosso amor aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda a percepção, para aprovardes as coisas excelentes e serdes sinceros e inculpáveis para o Dia de Cristo, cheios do fruto de justiça, o qual é mediante Jesus Cristo, para a glória e louvor de Deus. (Fp 1.9–11). 

 

Traduzido por Suzana L. Braga

LOAD MORE
Loading